web analytics
­

Meu irmão, meu amigo

quarta-feira, 16 de agosto de 2017|

Quando criança, eu era uma das mais novas da rua e, nas brincadeiras, meu irmão mais velho já ia dizendo que eu tinha que ser "café com leite". Eu detestava aquele negócio de café com leite, chorava e dizia que queria brincar de verdade. Meu irmão ficava possesso: em algumas

No meio do caminho havia uma pedra

segunda-feira, 14 de agosto de 2017|

Olhei o par de micos sobreviventes, lá nos galhos mais altos da árvore. Foram os micos e os pássaros boa parte do motivo de ter vindo eu parar aqui, neste lugar que me era desconhecido, mas onde um dia abri janelas e me senti em casa, onde achei que poderia

Fedegoso, mas belo

sábado, 12 de agosto de 2017|

Tudo o que queria do dia era olhar árvore linda, carregada de florinha amarela em meio à folhagem verde; ver céu azul e branco ao fundo, juntar o céu com a árvore e achar linda a bandeira assim, viva; ter sentimento bom do Brasil, como faz tempo não tenho, terminar

Ócio é rio que flui

terça-feira, 1 de agosto de 2017|

Tempo, dai-me o ócio, que nele me invento. No ócio contemplo e com ele me crio. No ócio é que flui intento nem meu: qual água de rio, desliza suave, faz curva e prossegue; escorregadio, vai dar aonde deve. Lá na nascente, era intento vadio; no leito avoluma, encontra outras

Amigas irmãs

sábado, 29 de julho de 2017|

Há tanto tempo combinávamos nos encontrar e nunca havia tempo. Semana passada, a dor atingiu a vida de minha amiga, então finalmente encontrei tempo. Eu não sabia o que dizer a ela, mas achava que se a abraçasse, se segurasse sua mão, ela compreenderia todas as palavras que eu não

Liberdade

segunda-feira, 24 de julho de 2017|

Ai que prazer Não cumprir um dever, Ter um livro para ler E não o fazer! Ler é maçada, Estudar é nada. O sol doira Sem literatura. O rio corre, bem ou mal, Sem edição original. E a brisa, essa, De tão naturalmente matinal, Como tem tempo não tem pressa...

Menina estrela

sexta-feira, 21 de julho de 2017|

A menina chegou tão cedo, nascida de mãe também quase menina. E a mãe-menina era tão intensa! Como é bom lembrá-la, força indomável agitando tudo por onde passava! A menina-filha herdou a intensidade da mãe-menina e a ampliou. Intensidade e brilho demais, peito implodiu. Hoje à noite, a intensidade da

Das pequenas felicidades, que explodem feito pipoca

terça-feira, 11 de julho de 2017|

Visto saia longa e ele corre, pula entre meus pés e se esconde. Para ele, não há dúvida: ora, para que serviriam panos tão longos e esvoaçantes, senão para esconderijo do gato? Fico ali parada, servindo de toca, sem ousar me mover e atrapalhar coisa tão séria como são as

Que o amor te alcance

quinta-feira, 29 de junho de 2017|

Ainda sinto e hoje sei que vou sentir para sempre. É que me permiti, por ti, um amor que transcende as barreiras impostas pelos que só sabem amar o amor com limites: limite de quantidade, de intensidade, limite de espécie. E fui te amando assim, de um amor grande e

Esta vida é sua

quinta-feira, 29 de junho de 2017|

Esta vida é sua. Tome o poder de escolher o que você quer fazer e fazê-lo bem. Tome o poder de amar o que você quer na vida e amá-lo honestamente. Leve o poder de andar na floresta e fazer parte da natureza. Tome o poder de controlar sua própria